Pesquisa avançada

Home > News > Um milhão de portugueses tem problemas da tiroide. Conheça os sintomas a que deve estar atento
24.09.2020

Um milhão de portugueses tem problemas da tiroide. Conheça os sintomas a que deve estar atento

Os distúrbios da tiroide afetam cerca de 200 milhões de pessoas em todo o mundo. Em Portugal, estima-se que estas patologias afetem um milhão de portugueses, embora mais metade continue sem um diagnóstico. Hoje é o Dia da Sensibilização para o Cancro da Tiroide.

A tiroide é uma glândula que está localizada na base do pescoço, na sua face anterior. Tem a forma de uma borboleta, com um lobo em cada um dos lados da traqueia. Os distúrbios relacionados com esta glândula são dez vezes mais comuns nas mulheres e estima-se que aos 60 anos cerca de 17% destas apresentem hipotiroidismo, o tipo mais comum de doença da tiróide.

Em Portugal, mais de um milhão de portugueses é afetado por patologias relacionadas com a tiroide, embora "muitos problemas possam passar despercebidos, uma vez que os sintomas são interpretados como simples sinais de stress ou depressão", explica a investigadora e professora Paula Soares, do instituto i3S, no Porto, e líder de um dos grupos de investigação em cancro da tiroide mais produtivos da Europa.

"Sintomas como o aumento da frequência cardíaca, nervosismo, inquietação, dificuldades em dormir, emagrecimento ou aumento de peso, depressão, impotência sexual, sensações de calor ou frio têm muitas vezes origem no mau funcionamento da tiroide", acrescenta.
Para que serve a tiroide?

A tiroide liberta duas hormonas para o sangue – a T3 (triiodotironina) e a T4 (tiroxina). Estas hormonas atuam em quase todas as células do organismo e permirem o controlo do metabolismo. "Ajudam o organismo a utilizar a energia e regulam a temperatura corporal, o crescimento e desenvolvimento intelectual nas crianças e permitem um normal funcionamento do cérebro, músculos, coração e outros órgãos", explica a médica endocrinologista Maria João Oliveira.

Se a produção de hormonas se tornar insuficiente o metabolismo desacelera – hipotiroidismo. Se houver excesso de produção o metabolismo acelera – hipertiroidismo. "O hipotiroidismo é cerca de 10 vezes mais frequente que o hipertiroidismo", esclarece esta especialista.

Entre as patologias da tiroide, o cancro é uma das mais graves. É o tipo mais frequente de tumor maligno dos órgãos endócrinos e o quarto tumor mais frequente nas mulheres. Esta doença pode surgir em qualquer idade, embora seja mais frequente a partir dos 35 anos. É curável ou tratável se diagnosticado numa fase precoce.

Os sintomas mais comuns de doença da tiroide

- Cansaço excessivo

- Falta de concentração

- Falta de energia

- Memória enfraquecida

- Depressão

- Perturbações do sono, ansiedade e irritabilidade

- Intolerância ao frio/calor

- Variação de peso

- Cabelo e unhas fracos e quebradiços

- Queda de cabelo

- Pele seca, escamosa e pálida

- Períodos menstruais anormais

- Dificuldades em engravidar

- Alterações do humor

- Irritabilidade

- Agitação

- Hipersudorese

- Tremor

- Diarreia

- Aumento do volume cervical (bócio)

Fonte: Nuno de Noronha