Pesquisa avançada

Home > News > E se um cobertor pesado for a solução para as noites mal dormidas? Dois portugueses lançam produto
23.09.2020

E se um cobertor pesado for a solução para as noites mal dormidas? Dois portugueses lançam produto

Dois portugueses estão por detrás do lançamento da primeira marca ibérica de cobertores pesados, criada com o objetivo de disponibilizar um produto que ajuda a dormir melhor e é uma alternativa natural aos ansiolíticos.

A solução não é nova, mas até há pouco tempo estava sobretudo disponível no mercado da saúde, pois há pelo menos 15 anos que o cobertor pesado (weighted blanket) é utilizado para fins terapêuticos - por exemplo, no tratamento de condições como o autismo, o TOC e a ansiedade.

Aquilo que fizeram Pedro Caseiro e Ricardo Parreira, dois portugueses com um percurso ligado à consultoria de gestão, foi adaptar o cobertor pesado ao mercado de massas, tornando-o acessível ao consumidor-comum e garantindo que mantinham os benefícios de saúde associados à sua utilização, em especial a melhoria do sono.

Inquéritos de satisfação realizados em mercados onde o produto já existe há mais tempo demonstram que cerca de 88% dos consumidores que experimentaram dormir regularmente com um cobertor pesado sentiram uma melhoria na qualidade do sono.

Pedro Caseiro foi um deles, quando adquiriu o produto pela primeira vez e ainda estava longe de imaginar que se viria a tornar um dos criadores do Blanky.

“Nessa altura vivia em Londres e o stresse acumulado do dia a dia provoca-me dores nas costas que não me deixavam dormir descansado. Precisava de uma solução que não passasse por comprimidos para dormir e foi então que numa das minhas pesquisas me cruzei com o cobertor pesado. Decidi experimentar e fiquei muito surpreendido e igualmente satisfeito: da noite para o dia, as minhas dores tinham desaparecido e eu comecei a dormir muito melhor”, explica Pedro Caseiro, atualmente responsável pela área de Marketing e Vendas do Blanky.

Quando mostrou o produto ao ex-colega de curso e amigo de longa data, Ricardo Parreira, este também ficou convencido.

“Percebemos depois que o cobertor pesado já existia no mass market em países como os Estados Unidos, Canadá, Londres, Alemanha e países nórdicos, mas que ainda estava fora do radar da Península Ibérica. Foi aí que detetámos uma oportunidade de mercado e decidimos avançar com a nossa própria marca”, realça Ricardo Parreira, que assume a gestão da Logística e Produção.

Com um pé em Portugal e outro em Espanha é assim que nasce o Blanky: o primeiro cobertor pesado ibérico, de utilização 100% segura para a população em geral, uma solução clinicamente comprovada e de elevada qualidade, antialérgica e natural, que utiliza a técnica Deep Touch Pressure (DTP) para melhorar a qualidade do sono.

SENSAÇÃO SEMELHANTE À DE UMA MASSAGEM

A DTP é um método que tira partido do peso extra do cobertor para aplicar gentilmente pressão localizada nos músculos, relaxando o corpo à semelhança de uma massagem – efeito este que proporciona um sono mais descansado. Em concreto, esta técnica estimula de forma natural a libertação no organismo de “hormonas da felicidade” – como a serotonina – e do “sono” – como a melatonina – que provocam uma sensação de bem-estar e calma no sistema nervoso, regulando ainda o ciclo do sono, respetivamente.

“Estas hormonas são essenciais para um sono tranquilo e são produzidas naturalmente pelo organismo, só que nem sempre em quantidade suficiente. No caso da melatonina, por exemplo, os seus níveis diminuem com o avançar da idade”, começa por explicar Margarida Mendes, neuropsicóloga na Clínica de Santo António do Grupo Lusíadas Saúde.

“Ao estimular naturalmente a produção de melatonina no cérebro, o cobertor pesado contribui assim para um sono de melhor qualidade e mais duradouro, ajudando também a tratar a insónia e a diminuir o tempo necessário para adormecer”, esclarece a especialista.

Um estudo realizado pela Universidade de Massachusetts e publicado na revista académica Occupational Therapy in Mental Health, veio revelar que 76% dos consumidores que dormiram com um cobertor pesado sentiram um aumento do conforto durante o sono e que 63% experimentaram também uma diminuição dos níveis de ansiedade. Isto acontece porque a técnica Deep Touch Pressure permite ainda controlar a produção de cortisol, hormona responsável pela sensação de stresse e ansiedade.

No caso do Blanky, o peso extra advém do facto do seu interior ser composto por grãos de areia de vidro tratado que são distribuídos uniformemente pelo cobertor graças à costura em formato de diamante.

DORMIR MAL NÃO ESCOLHE IDADES

Em Portugal, o problema do sono é real: quase dois terços da população dorme mal e 59% tem dificuldades em adormecer.

Margarida Mendes confirma este cenário. “Prova disso é o facto de estarmos continuamente entre os cinco países europeus que mais consome ansiolíticos, antidepressivos e comprimidos para dormir: cerca de 10 milhões de embalagens por ano”, explica a neuropsicóloga, acrescentando que o problema do sono é complexo e afeta todas as faixas etárias.

“O debate à volta do sono centra-se muito nas consequências para o público mais jovem e em idade escolar, porque o dormir mal está muitas vezes associado, nesta idade, a défices de atenção, atrasos no crescimento, mudanças de humor e ao insucesso na escola. Contudo, a verdade é que as perturbações do sono existem em todas as idades e não devem ser normalizadas quando chegamos aos adultos. Dormir bem é essencial em qualquer faixa etária, para o nosso bem-estar psíquico, emocional e cognitivo”, afirma Margarida Mendes.

Foi com base nesta premissa que nasceu também o conceito da própria marca: "Dormir bem é para todos". O Blanky está atualmente disponível em três versões: Conforto (para uso individual), Para dois (para os casais) e Kids (para as crianças), sendo que o peso dos cobertores varia entre os 4 e os 15 quilos.

Na escolha do modelo mais adequado, o utilizador deve ter em consideração que o peso do cobertor deve ter entre 10 a 15% do seu peso (por exemplo, uma pessoa que pese 50 quilos deverá optar por um cobertor de aproximadamente 5 quilos).

Atualmente o Blanky está à venda online com serviço de entrega gratuito.

Fonte: Susana Krauss
Foto: Ricardo Parreira e Pedro Caseiro, criadores do Blanky Blanky