Pesquisa avançada

Home > News > Pediatras do hospital de Évora alertam para “rotura” da Urgência Pediátrica
13.03.2018

Pediatras do hospital de Évora alertam para “rotura” da Urgência Pediátrica

Os pediatras do Hospital do Espírito Santo de Évora alertaram esta segunda-feira para o risco de rotura da Urgência Pediátrica da unidade, devido à falta de médicos especialistas.

Os pediatras do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) alertaram esta segunda-feira para o risco de rotura da Urgência Pediátrica da unidade, devido à falta de médicos especialistas, e para a desadequação das instalações do serviço.

Os alertas dos clínicos constam de uma tomada de posição, datada de sexta-feira e ao qual a agência Lusa teve acesso, enviada para o conselho de administração do HESE, Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, Ordem dos Médicos, Sindicato Independente dos Médicos e Federação Nacional dos Médicos.

O diretor do Serviço de Pediatria do HESE, Hélder Gonçalves, disse hoje à Lusa que também subscreveu o documento na qualidade de médico. “Dos 22 pediatras que integram o serviço, o documento foi assinado por 21. Só não assinaram todos” porque o pediatra que falta “está de baixa”, explicou.

No documento, intitulado “Rotura no Serviço de Urgência de Pediatria do HESE”, pode ler-se, os clínicos expressam o seu “descontentamento com as condições de trabalho e de assistência que são atualmente praticadas no Serviço de Urgência Pediátrica” do hospital.

Fonte: Observador