Home > Lifestyle > Tem um pato de borracha no banho? Por dentro tem milhões de bactérias
03.04.2018

Tem um pato de borracha no banho? Por dentro tem milhões de bactérias

Há quem os tenha como companheiros de banho, mas o interior dos patos amarelos de borracha está coberto de fungos e bactérias perigosos para a saúde, como a legionella.

Um estudo do Instituto Federal Suíço das Ciências Aquáticas e Tecnologia mostra que o interior dos patos amarelos de borracha que algumas pessoas utilizam no banho está repleto de microrganismos que podem ser prejudiciais para a saúde. Um brinquedo de 11 semanas pode ter entre cinco e 75 milhões de células de bactérias ou fungos por cada centímetros de borracha. São esses microrganismos que vemos serem expelidos pelas linhas de junta do pato de borracha quando os apertamos.

Tanto quanto concluíram os cientistas, mais de 80% dos brinquedos de borracha estudados tinham grandes quantidades de bactérias que, se infetarem o humano, podem evoluir para infeções. É o caso de bactérias como a Legionella ou Pseudomonas aeruginosa. Além disso, 60% dos patos de borracha também continham espécies de fungos que, misturados com as bactérias dos brinquedos, deixam-nos repletos de um bolor que pode ser prejudicial à saúde.

Para uma pessoa saudável, embora esses microrganismos possam ser perigosos para a saúde, raramente evoluem para doenças graves. No entanto, se estas bactérias ou fungos infetarem pessoas com sistema imunitário fragilizado, o problema pode ganhar proporções maiores. De acordo com Frederik Hammes, autor do estudo, estar em contacto com estes microrganismos “pode fortalecer o sistema imunitário, o que pode ser positivo, mas também pode resultar numa infeção nos olhos, ouvidos ou doenças gastrointestinais”.

O remédio não está em limpar os brinquedos de cada vez que os utiliza no banho, mas antes em comprar os patos amarelos de marcas que utilizem borracha de melhor qualidade.

Fonte:Observador
Link para o artigo publicado: https://www.nature.com/articles/s41522-018-0050-9